A pandemia e a nossa presença em eventos virtuais

EventosA pandemia e a nossa presença em eventos virtuais

No início de 2020, com a pandemia, o mundo percebeu que muitos hábitos precisavam ser mudados. Entre eles, algo que amamos: a reunião presencial em eventos e congressos dentro e fora do país. Todos esses eventos foram cancelados ou adiados por tempo indeterminado, mesmo antes que soluções digitais fossem consideradas.

As mudanças também atingiram os consultórios, mas com uma diferença: a ortodontia e os tratamentos não podiam parar. Assim como as consultas e os tratamentos ortodônticos são serviços essenciais, é imprescindível manter o estoque abastecido de produtos ortodônticos como braquetes, tubos bucais e arcos.  Nós continuamos produzindo esses produtos de alta qualidade para você. E, com todas as mudanças, nossa forma de conversar com os colegas ortodontistas, por outro lado, se modernizou.

 

Índice

  • Papel da Ortodontia em tempos de isolamento
  • Por onde andamos
  • Nossas ações e materiais
  • Cuidados para o ortodontista

 

Papel da Ortodontia em tempos de isolamento
 

Sim, os sorrisos estão escondidos por máscaras durante a maior parte do dia. Mas o que aconteceria com os tratamentos que fossem adiados por pelo menos dois anos? Quem é da área sabe a regressão que um tratamento pode sofrer se não for acompanhado. Além disso, problemas de menor importância podem evoluir, e algo facilmente tratável pode se tornar uma grande dor de cabeça.

Por isso a ortodontia não parou, e é nosso dever permanecer auxiliando os profissionais e pacientes na busca pela saúde bucal e recuperação da autoestima de milhares de pessoas ao redor do mundo. E como mantivemos a roda da inovação girando?

 

Por onde andamos

 

Depois do choque inicial de março de 2020, os grandes congressos de ortodontia perceberam que os profissionais ainda precisavam de auxílio. Surgiram assim as grandes lives e congressos virtuais para apoiarem o desenvolvimento das boas práticas da ortodontia baseadas em evidências científicas.

Já em 2021, participamos como patrocinadores do 34º COB, o Congresso de Odontologia de Bauru. Esta reunião de profissionais do Brasil e do mundo é um dos principais eventos das áreas de odontologia e ortodontia do país. Promovido pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB), o evento prestou homenagem à professora e pesquisadora Daniela Gamba Garib Carreira. O evento foi, pela segunda vez, online e contou com palestras de pesquisadores do Brasil, Dinamarca, Alemanha e Estados Unidos. Ficamos muito felizes em ver que o conhecimento foi produzido e disseminado por centenas de vozes competentes e comprometidas com a ortodontia.

 

Nossas ações e materiais

 

Além dos congressos, decidimos estreitar os laços com nossos clientes de várias formas. Nos aproximamos dos ortodontistas e desenvolvemos materiais para que eles conheçam diferentes formas de atuar nos atendimentos, com mais praticidade apoiada pela inovação tecnológica. São materiais demonstrativos virtuais que esclarecem dúvidas quanto à migração entre marcas de braquetes, com comparativos de in-out dos nossos e de outros braquetes do mercado; apresentação do inovador Sistema T-Control, do Dr. Daniel Tocolini, em um manual explicativo; Newsletters sobre novidades na ortodontia e muito mais.

E você, como ortodontista, deve incluir quais hábitos na sua rotina profissional a fim de se manter alinhado com as melhores práticas desses últimos dois anos?

 

Cuidados para o ortodontista

 

Podemos resumir as mudanças na ortodontia em dois aspectos:

  • Cuidados sanitários
  • Inclusão tecnológica

Os cuidados sanitários são claramente indispensáveis nessa nova realidade. Ações como evitar que o paciente traga acompanhantes; reduzir o número de pacientes por hora; aferição da temperatura corporal na chegada ao consultório; distanciamento social e exigência de máscaras ainda na sala de espera.

A inovação tecnológica dos consultórios inclui a chegada de um futuro digital, com set-ups digitais, modelagem e impressão 3D. Apesar de o paciente ainda preferir uma demonstração física e palpável, o planejamento dos tratamentos ganha velocidade e precisão quando é digitalizado. Cabe ao profissional decidir se vai integrar essa nova onda de avanços na ortodontia.

Um mercado adaptável resiste por mais tempo. E a ortodontia com certeza é um bom exemplo de adaptação. Desde os avanços trazidos por Lawrence Andrews até os estudos de Ronald Roth, estávamos rumando para uma ortodontia cada vez mais inovadora e individualizada. Agora, com uma realidade que demanda a digitalização de processos, o escopo de atuação do ortodontista inclui novos processos, cada vez mais voltados à inovação, resultados precisos e conforto do paciente.

Nós da ID-Logical fazemos parte dessa equação. Apoiamos a disseminação científica por meio de congressos e disponibilização de materiais digitais. Podemos te ajudar com alguma informação ou material em PDF entre os citados nesta matéria?